Crítica | Os Jovens Titãs em Ação!

Independente de você ser fã da Marvel ou DC (eles existem, juro), pense no seu super-herói favorito e se pergunte; ele tem o seu próprio filme? É nessa premissa que Os Jovens Titãs em Ação se desenvolve, através de uma animação super divertida, repleta de piadas e referências que irão agradar tanto as crianças quanto os seus pais.

A primeira reação dos ~Millenials~ ao ouvir “Jovens Titãs” é pensar naquela série icônica que foi ao ar entre 2003 e 2006, que embora fosse para adolescentes, tentava se manter mais sério em relação a enredo, inimigos, etc. Avançando um pouco no tempo, recentemente uma grande discussão explodiu devido ao lançamento dos novos Jovens Titãs, com um direcionamento muito mais infantil do que a versão anterior. Ainda que eu sempre bata na tecla da importância de adaptar obras antigas ao público/era atual (então sim, sou a favor desse novo estilo), a discussão não é essa.

Então quando fui convidado pela Warner à participar da sessão de lançamento do novo filme, achei que encontraria um público mais dividido em relação ao filme. Alias, eu mesmo entrei achando que estava prestes a vivenciar uma animação mais infantil com apenas leves referências. E rapaz, como eu estava errado!

A trama é simples, em meio ao grande boom de filmes de super-heróis que estamos vivendo, quem não tem a sua própria película não é ninguém. Ao menos é isso que o jovem Robin pensa. Então o objetivo é claro, os Jovens Titãs precisam encontrar alguma maneira de colocar o time nos olhos de Hollywood. E o primeiro passo é; ter um arqui-inimigo, que nesse caso é… Deadpool! Alias, pera, Slaaaaaaade!

Aqui a palavra do jogo é fanservice, então se você se distrair por um minuto, pode ter certeza que você terá perdido muuuuuuuitas piadas e referências. E quando digo piadas, não é apenas cenas de humor ou das bobeiras que os personagens fazem. Por ter um estilo mais escrachado e cômico, o próprio filme aproveita para tirar sarro da Marvel, do Stan Lee, da DC, da própria Warner e muitas outras referências geeks. A zoeira é tanto que eu até prefiro não comentar nada neste texto apenas para garantir que você tenha uma experiência mais rica e divertida, assim como eu tive!

Embora eu seja aquela pessoa fresca, que prefere assistir tudo em seu áudio original, reconheço que a dublagem ficou bacana, com muitas adaptações ao nosso humor e linguagem. Inclusive, ao final da sessão, a Warner ainda montou uma coletiva de imprensa com os dubladores que falaram sobre os desafios da profissão e o crescente aumento de interesse por filmes dublados.

No geral, Jovens Titãs em Ação é uma excelente animação, tanto para crianças quanto adultos (assumindo que esses adultos sejam geeks e curtam HQs e filmes de super-heróis). O roteiro é um pouco fraco, sem plot-twist algum e bastante previsível, porém, como o filme se apoia no humor e nas referências, acaba não prejudicando a experiência. Extremamente recomendado!

 

More from Guilherme Kyoji

BRMA do RJ tem campeonatos de CS, CF e LoL

Se você entendeu esse título, parabéns, você é tão nerd quanto eu...
Read More