Netflix | Bleach

Recentemente a Netflix anunciou o seu mais novo título, o live action do popular anime Bleach. Embora eu tenha ficado contente de poder rever uma história tão bacana, uma parte de mim estava receosa. Faz meia hora que eu terminei de assistir e rapaz, quem diria que é possível fazer uma obra baseado em anime sem parecer forçado ou vergonha alheia?

Depois do enorme fiasco que foi os live action (trabalho cinematográfico com atores reais) de Attack on Titan e Death Note, imaginar uma boa adaptação de um anime é uma tarefa difícil. E eu sequer culpo a produção, afinal, estamos falando de animações 2D onde qualquer tipo de habilidade sobre-humana é vista de forma normal. A possibilidade de criar qualquer coisa e tratá-la como algo do cotidiano é uma ideia exclusiva das animações e, na hora de transpor para um ambiente real, beira o impossível.

É por isso que além curtir, eu aplaudi e criei esse post para divulgar o trabalho realizado pelo diretor Shinsuke Sato. Conseguir adaptar uma animação rápida, dinâmica , com  diferentes realidades, espíritos e combate fantasioso em algo de 90 minutos, divertido e fácil de digerir (tanto para novatos quanto fãs da série) é para poucos.

Em Bleach acompanhamos a vida de Kurosaki Ichigo, um jovem de 15 anos que pode ver (e conversar) com fantasmas. Em um certo dia, Ichigo entra em contato com a Shinigami (seres que conduzem as almas para o outro plano) Kuchiki Rukia, que por causa de um poderoso Hollow (almas corrompidas), acaba se ferindo e se vê obrigada a transferir parte de seus poderes à Ichigo. Acontece que devido aos poderes sobrenaturais do moleque, Rukia acaba passando mais energia do que deveria. Só que transferir energia espiritual para um humano é um crime, e ai o live action se desenvolve, com mais Shinigamis chegando na treta, mais Hollows aparecendo, etc.

Além de resumir bem o que é Bleach para quem não conhece, o longa é repleto de referências para os antigos fãs da série e traz boas pitadas de humor, típicas da série. A caracterização dos personagens ficou muito bom também, conseguindo adaptar os personagens sem sacrificar suas personalidades que tanto nos encantaram nos quadrinhos.

Aqueles que curtem cultura pop japonesa ficarão mega surpreso com os atores escolhidos! Começando por Kuchiki Byakuya, interpretado pelo famoso cantor Miyavi. O papel de Kurosaki Ichigo vai para Sota Fukushi, o Kamen Raider Fourze. Já Orihime Inoue é interpretada pela cantora pop Erina Amano! Com um elenco bem bacana e atual, fidelidade à série e uma excelente caracterização, fica a minha recomendação!

More from Guilherme Kyoji

Smyowl confirma presença na GCA e GDC

A Smyowl, empresa brasileira de games, confirma presença em dois dos maiores...
Read More