Review: Sebastien Loeb Rally Evo

evo

Mais do que apenas posicionar o jogador no universo das corridas offroad, Sebastien Loeb Rally Evo cria um universo em que o jogador fica no centro, competindo em diversos torneios com sua própria equipe e pavimentando o sucesso de sua carreira. Desenvolvido pela Milestone, o estúdio italiano especializado em jogos de corrida, o game já está disponível para PC, PS4 e XOne. Pise fundo para ler este review!

Eu vou começar falando que eu nunca tive coordenação motora ou reflexos para dirigir um carro. Embora carros virtuais sejam mais fáceis de conduzir, afinal sua vida não está em jogo, eu nunca consegui algum sucesso em jogos que não fosse como Ridge Racer ou Need For Speed, em que não há problema algum em fazer a curva apenas segurando o acelerador. Por isso, as minhas primeiras impressões de Sebastien Loeb Rally Evo não foi uma das melhores, mas não por problemas técnicos, e sim, por falta de habilidades mesmo. E isso é bom, pois se o jogo não tivesse uma representação fiel ao real, eu não teria esse problema, certo?

Desde o início o game te prepara para o que está por vir; formar sua própria equipe para ser o melhor dos melhores no mundo dos Rallys. Assim que o jogo começa, é possível selecionar o nome do seu time, nacionalidades, estilo das roupas, placa do carro, cores e mais. Tudo para que você possa se sentir em casa e pronto para construir sua carreira. Em seguida, damos início ao tutorial que, permita-me lhe assegurar, o problema não é você, o jogo é tenso mesmo.

evoo

Embora eu não tenha habilitação, sei de algumas coisas básicas como frear antes da curva (e não durante), prestar atenção nos ângulos e sentar o pé nas retas. Por isso, quando fiz a primeira parte do tutorial com sucesso, estava achando que não seria tão difícil, afinal, o que mudaria a partir daquilo? Até que o game apresenta a próxima parte com terra e cascalho… Oh god, why!? Sabonete é pouco para definir a aderência que você e qualquer jogador novato terá no começo do jogo. Se tem uma coisa que aprendi é que Evo faz bem pouco para tornar sua vida mais fácil.

Na verdade as primeiras corridas é mais um teste psicológico do que qualquer coisa, pois se você não querer gritar ou atirar seu controle na parede, claramente há algo errado com você. A primeira impressão é que o seu carro está errado. Mais que isso, seu carro parece ser feito de papelão, com freios de vaselina e direção tão precisa quanto de um carrinho de rolemã. Por apresentar uma barreira de realismo tão difícil e até frustrante, que Evo consegue criar um sentimento de conquista muito maior quando o jogador (eu) supera as dificuldades e consegue completar uma corrida tranquilamente usando o mesmo veículo de papel.

Com as habilidades necessárias em mãos, o jogo apresenta os mais diversos modos de corrida; Carreira, onde a maior diversão se concentra. Quick Mode, em que o jogador tem a chance de pular todos os processos “burocráticos” e ir direto para os desafios. Time Trial, no qual o melhor tempo é a maior prioridade. O ultra difícil e desafiador Pikes Peak, a enorme montanha de 156 curvas! nas pistas de rally. E até Loeb Experience, no qual é possível pilotar nos principais eventos que ajudou Sebastien a formar sua carreira.

Competir e ganhar nas mais diversas categorias lhe darão créditos que podem ser utilizados para liberar novos veículos ou mesmo alugá-los por apenas por um valor mais baixo, para ser utilizado em apenas uma corrida. Se é mais vantajoso fazer um grinding para acumular dinheiro e comprar ao invés de apenas alugar, o jogador que decide. O importante é que o game fornece todos os meios necessários para que você possa ser o melhor.

Em um simulador de corrida em que controle é o rei, não poderia faltar um amplo leque de personalização, não é mesmo? Quer alterar apenas as suspensões traseiras? Talvez melhorar os freios ou até mudar o ângulo do câmbio? Vai fundo, Evo permite que você customize o veículo do jeito que você precisar para ser o grande campeão.

As pistas reproduzem diversos cenários reais com perfeição, criando ambientes imperdoáveis, repleto de árvores para você bater, cascalho para derrapar e curvas fechadas o suficiente para fazer do seu carro o próximo ginasta olímpico de tanto que irá girar enquanto capota.

Vale a pena jogar?

Depende. Sim e não. O realismo de Sebastien Loeb Rally Evo é tanto que pode tornar a experiência de jogadores desavisados extremamente frustrante. Não é que o jogo é ruim, mas de fato é uma experiência bem próxima do que eu imagino que seja real, tornando o game mais que um “jogo de corrida”, e sim, um verdadeiro simulador de Rally. Obviamente que com muito treino, vem o sucesso. Mas será que você está disposto a sacrificar tanto tempo por um simulador de Rally? Bem… Há quem curta né?

Ou seja, jogadores casuais, fiquem longe. Agora os veteranos de corrida e simuladores de Rally, não percam tempo e comprem, vocês vão adorar!

More from Guilherme Kyoji

Conheça Savage, o novo SSD da HyperX

Se a palavra “SSD” não lhe é estranha, então você sabe que...
Read More