A “Fantasia Final” que sempre será eterna!

FFSLIDER

Hoje em dia, quando falamos no nome Final Fantasy , pensamos logo de cara em “J-RPG”, ou “Japanese Role-Playing Game”. Mesmo existindo tantos outros J-RPGs por aí, por que o nome Final Fantasy é tão conhecido? Ou o que exatamente ele representa?

Tudo começa em uma pequena empresa chamada Square, que teve a sua origem em Yokohama em Outubro de 1983, após Masafumi Miyamoto (seu fundador) ter se formado na universidade de Waseda. A Square nesse tempo era apenas mais uma divisão de softwares para videogames da Den-Yu-Sha, uma empresa de cabos eléctricos que pertencia ao pai de Miyamoto. Enquanto a maioria dos jogos eram desenvolvidos por apenas um programador, Miyamoto acreditava ser muito mais eficiente ter designers gráficos, programadores e roteiristas profissionais cooperando mutuamente em projetos comuns. Os dois primeiros jogos da Square foram The Death Trap e a sua sequência Will: The Death Trap II, ambos desenvolvidos em emprego de meio período por Hironobu Sakaguchi e lançados para a NEC PC-8801.

square

Apesar de uma relutância ao se envolver no mercado dos consoles, a Square entrou no mercado do Nintendo Famicom (NES – Nintendo Entertainment System no ocidente) em Dezembro de 1985 com o jogo Thexder. Em Setembro de 1986, a Square separou-se da Den-Yu-Sha dando origem a uma empresa independente oficialmente conhecida como Square Co. Com esta reestruturação, Sakaguchi passou a trabalhar em tempo integral como Diretor de Planejamento e Desenvolvimento da empresa. Após o lançamento de vários jogos sem sucesso para o NES, a Square Co. deslocou-se para Ueno em Tóquio e demitiu metade do seu pessoal em 1987. No mesmo ano, inspirada pelo sucesso da Enix com o Dragon Warrior (Dragon Quest no ocidente), o primeiro J-RPG de grande sucesso, a Square Co. concentra os seus recursos e limita seu capital na produção do jogo Final Fantasy, que caso não fizesse sucesso, seria o último da empresa, sua cartada final, ou sua última Fantasia. Mas com a venda de 400 mil cópias, a Square renasceu como uma fênix (usando Phoenix Down ;D) e Final Fantasy tornou-se a principal série da empresa, sendo reverenciada até hoje por sua legião de fãs ao redor do mundo.

Mecânica de batalha simples e funcional.
Final Fantasy em sua mecânica de batalha simples e funcional.

Mas chega de falar da Square. Cada Final Fantasy tem uma estória única e se passam por mundos totalmente diferentes do que estamos acostumados, quando falamos em fantasia. A magia que os games da série trazem são em alguns momentos, de tirar o fôlego, principalmente com relação ao roteiro e a trilha sonora do tio Nobuo (Nobuo Uematsu, mestre das trilhas sonoras de Final Fantasy :D). Quem aí não gostaria de montar em um chocobo (uma galinha gigante e geralmente amarela), explorar uma dungeon cheia de monstros prontos para te dar experiencia e te ajudar a subir de nível?

Desde 1987 tivemos muitos jogos da série e você confere TODOS eles abaixo (SIM! \o/):

1987 – Final Fantasy (NES)

1988 – Final Fantasy II (NES)

1989 – Final Fantasy Legend I (Gameboy)

1990 – Final Fantasy III (NES apenas no japão)

1990 – Final Fantasy Legend II (Gameboy)

1991 – Final Fantasy IV (SNES)

1991 – Final Fantasy Adventure (Gameboy)

1991 – Final Fantasy Legend III (Gameboy)

1992 – Final Fantasy V (SNES)

1992 – Final Fantasy: Mystic Quest (SNES)

1994 – Final Fantasy VI (SNES)

1997 – Final Fantasy VII (PSX)

1997 – Final Fantasy Tactics

1999 – Final Fantasy: Anthology (PSX: Inclui o Final Fantasy V e VI com CGs)

1999 – Final Fantasy VIII (PSX)

2000 – Final Fantasy IX (PSX)

2001 – Final Fantasy: Chronicles (PSX: Inclui Final Fantasy IV e Chrono Trigger com CGs)

2001 – Final Fantasy X (PS2)

2002 – Final Fantasy XI Online (PS2, Xbox 360 e PC)

2002 – Final Fantasy: Origins (PSX: Inclui o Final Fantasy e Final Fantasy II “remasterizados” com CGs)

2003 – Final Fantasy Tactics Advance (GBA)

2003 – Final Fantasy X-2 (PS2)

2003 – Final Fantasy XI: Rise of the Zilart (Ps2, Xbox 360 e PC)

2004 – Final Fantasy Crystal Chronicles (GameCube)

2004 – Final Fantasy: Dawn of Souls (GBA)

2004 – Final Fantasy XI: Chains of Promathia (PS2, Xbox 360 e PC)

2004 – Before Crisis: Final Fantasy VII (Mobile)

2005 – Final Fantasy IV Advance (GBA)

2005 – Dirge of Cerberus: Final Fantasy VII (PS2)

2006 – Final Fantasy XII (PS2)

*respira*

2006 – Final Fantasy XI: Treasures of Aht Urhgan (PS2, Xbox 360 e PC)

2006 – Final Fantasy III DS (NDS)

2006 – Final Fantasy V Advance (GBA)

2006 – Final Fantasy VI Advance (GBA)

2007 – Final Fantasy Anniversary Edition (Final Fantasy I para PSP)

2007 – Final Fantasy XII: Revenant Wings (NDS)

2007 – Final Fantasy Tactics: War of the Lions (PSP)

2007 – Final Fantasy II Anniversary Edition (Final Fantasy II para PSP)

2007 – Final Fantasy Crystal Chronicles: Ring of Fates (NDS)

2007 – Crisis Core: Final Fantasy VII (PSP)

2007 – FF Tactics A2: Grimoire of the Rift (NDS)

2007 – Final Fantasy XI: Wings of the Goddess (PS2, Xbox 360 e PC)

2007 – Final Fantasy IV DS (NDS)

2008 – Final Fantasy IV: The After Years (Mobile, Wii e PSP)

2008 – Final Fantasy Crystal Chronicles: My Life as a King (WiiWare)

2008 – Dissidia Final Fantasy (PSP)

2009 – Final Fantasy Crystal Chronicles: Echoes of Time (NDS e Wii)

2009 – Final Fantasy Crystal Chronicles: My Life as a Darklord (WiiWare)

2009 – FF Crystal Chronicles: The Crystal Bearers (Wii)

2009 – Final Fantasy XIII (PS3, Xbox 360 e Steam)

2010 – Final Fantasy: The 4 Heroes of Light (NDS)

2010 – Final Fantasy XIV Online (PS3 e PC)

2011 – Dissidia 012 Final Fantasy (PSP)

2011 – Final Fantasy IV: The Complete Collection (PSP)

2011 – Final Fantasy Type-0 (PSP)

2011 – Final Fantasy XIII-2 (PS3, Xbox 360 e Steam)

2012 – Theatrhythm Final Fantasy (3DS)

2012 – Final Fantasy Dimensions (iOS e Android)

2013 – Final Fantasy XI: Seekers of Adolun (PS2, Xbox 360 e PC)

2013 – Final Fantasy XIV: A Realm Reborn (PS3 e PC)

2014 – Final Fantasy XIV: A Realm Reborn (PS4)

2014 – Lightning Returns: Final Fantasy XIII (PS3 e Xbox 360)

2014 – Theatrhythm Final Fantasy Curtain Call (3DS)

2015 –  Final Fantasy Type-0 HD Remaster (PS4 e Xbox One)

2016?! – Final Fantasy XV *_*

Depois desta lista de 64 jogos da série, fica alguma dúvida o que essa franquia representa?!(risos) Final Fantasy sempre ficará eternizado em nossos corações, mesmo que um dia finalmente chegue ao seu “Final”. Vamos torcer e fazer nossa parte comprando, contribuindo para que esta série volte a queimar sua “Flare” como nos velhos tempos!Logo_Final_Fantasy

Written By
More from Felipe Yusuke

A “Fantasia Final” que sempre será eterna!

Hoje em dia, quando falamos no nome Final Fantasy , pensamos logo de...
Read More